O Eclipse Anular (Parcial) de 26 de fevereiro de 2017.

Para o Brasil o eclipse será parcial.

     Próximo domingo, 26/02/2017, ocorrerá o primeiro eclipse solar do ano. O Eclipse será anular, uma vez que a Lua, a 371.853 km, estará aparentemente menor que o Sol e portanto, não encobrirá todo o disco solar. O diâmetro do Sol é cerca de 411 vezes maior que o da Lua, contudo, o Sol está a aproximadamente 390 vezes mais distante da Terra que a Lua. Por isso, os dois tem, vistos da Terra, aproximadamente o mesmo tamanho angular, cerca de 0,5º. Quando a Lua em seu movimento orbital passa entre o Sol e a Terra, dependendo do alinhamento dos três corpos, pode ocorrer um eclipse solar. Acontece que a órbita da Lua em torno da Terra não é circular, é elíptica. Isto faz com que ocorram eclipses nos quais a Lua está a diferentes distâncias de nosso planeta. No próximo domingo a Lua será cerca de 10 segundos de arco menor que o Sol e portanto, o eclipse será anular. Contudo, somente os observadores que estiverem em uma faixa de cerca de 30 quilômetros de largura, que vai do sudeste do oceano pacífico até o sudoeste da África, passado pelos sul do Chile e Argentina, irão ver o eclipse anular total. Para o Brasil o eclipse será parcial. Em Maceió, o eclipse será tal que, no máximo, cerca de 27% do disco solar será encoberto pela Lua.  

Trajetória da sombra da Lua sobre a superfície da Terra. F. Espenak, GSFC da NASA.

Início do eclipse
11h13
Máximo do eclipse parcial
12h24
Fim do Eclipse
13h37
Horário de Brasília.

 Para observar o eclipse, alguns cuidados devem ser tomados. Você nunca deve olhar diretamente para o Sol. Além da radiação intensa dos comprimentos de onda do espectro visível, estão presentes, na luz solar, as radiações infravermelha e ultravioleta que são nocivas. Portanto, se você deseja observar o eclipse, recomendamos que você utilize o método de projeção, seja a partir de um pequeno orifício, de uns 3 ou 4 mm, em um papel cartão ou mesmo papelão com um pedaço de papel alumínio fixado com fita crepe e onde se fará o orifício. Basta alinhar o orifício e Sol que você verá projetada uma pequena imagem do Sol na parede ou em um anteparo qualquer. Melhor ainda será se você dispor de um binóculo – use-o apenas para projetar a imagem do Sol e NUNCA para olhar diretamente para o Sol. O método de projeção é o mais seguro e não oferece risco algum.  

Projeção com papel cartão e papel alumínio com pequeno orifício.
Fonte: physics.weber.edu/schroeder/astro/SizeOfSun.html

Projeção com bióculo. Fonte www.Shallowsky.com.

O Observatório Astronômico Genival Leite Lima é um dos grupos componentes do Centro de Ciências e Tecnologia da Educação, que está vinculado à Superintendência de Políticas Educacionais da Secretaria da Educação do Estado de Alagoas. Para realizar suas atividades conta com o apoio dos:
Usina Ciência da UFAL.
Clube de Astronomia de Maceió.






Nenhum comentário:

Postar um comentário