Minicurso de estrelas variáveis através de imageamento celeste na escola estadual Cônego José Bulhões em Dois Riachos, AL. 17/10/2015.

     No dia 17 de outubro de 2015, fomos até a escola estadual Cônego José Bulhões para realizar um minicurso de observação de estrelas variáveis através de imageamento celeste com os professores e alunos dos Clube de Astronomia Valentina Tereshkova e Clube de Astronomia Galileu Galilei. Tivemos no minicurso condensado com aulas teóricas e práticas. Esperamos, com esse minicurso, termos contribuído com a motivação e desenvolvimento dos clubes estudantis.
   Partimos de Maceió em direção à cidade de dois Riachos no semi-árido alagoano, às 6h55. A Equipe do OAGLL e Clube de Astronomia de Maceió – CLAM, fora composta pelos: professor Adriano Aubert, coordenador do OAGLL, Genisson Panta colaborador do OAGLL e membro do CLAM e Antônio Marcos, colaborador do OAGLL. A cidade de Dois Riacho dista cerca de 188 km de Maceió e está localizada no início do semi-árido alagoana. A viagem, foi tranquila mas, o tempo nublado de Maceió nos deixou um pouco apreensivos em relação as atividades práticas que seriam realizadas a noite, sobretudo a de obtenção de imagens do céu com câmeras digitais. Contudo, conforme íamos nos aproximando da cidade o tempo foi melhorando.
Aprendendo e discutindo sobre estrelas e estrelas variáveis.


Conhecendo na prática  os programas para o processamento
 e análise das imagens.  
Professor Jenivaldo e alunos na atividade prática de
 obtenção de imagens celestes.
 Chegamos na escola cônego José Bulhões em Dois Riachos às 9h40. Lá nos esperavam o professor Jenivaldo Lisboa da escola municipal Muniz Falcão de Cacimbinhas e alunos dos clubes de astronomia. Montamos os equipamentos na sala de informática e após um breve lanche, iniciamos a parte teórica do curso. Neste minicurso nosso objetivo foi o de prover aos alunos e professores conhecimentos básicos sobre: As estrelas; estrelas variáveis, observação, registro, análise, imageamento celeste utilizando câmeras fotográficas digitais, processamento e fotometria. Durante o final da manhã e toda tarde apresentamos e discutimos os conceitos com os participantes do minicurso.

 À noite após o jantar iniciamos a atividade de imageamento celeste. Pedimos aos professores que levassem suas câmeras digitais e um tripé para a atividade. Depois de algumas imagens obtidas voltamos ao laboratório de informática para o processamento das imagens e fotometria.

 
Genisson (em pé) ajudando no processamento das
 imagens obtidas.
   Neste minicurso tudo correu como programado, até o tempo atmosférico foi favorável, nos permitindo registrar as imagens das estrelas variáveis. A acolhida e a participação da turma foram excelentes.


    Gostaríamos de agradecer a todos que nos permitiram realizar mais essa atividade do observatório, em especial a equipe da secretaria de educação, aos professores Me. Jenivaldo Lisboa e André Sousa, a diretora professora Maria José Vasconcelos, aos alunos e aos colaboradores do Clube de Astronomia de Maceió.
Grupo de participantes do minicurso de Estrelas variáveis e imageamento celeste. 


     O Observatório Astronômico Genival Leite Lima é um dos grupos componentes do Centro de Ciências e Tecnologia da Educação que está vinculado à Superintendência de Políticas Educacionais da Secretaria de Educação do estado de Alagoas. 

Apoio: Usina Ciência da Universidade Federal de Alagoas.

Fundação de Amparo à Pesquisa do estado de Alagoas.
Clube de Astronomia de Maceió.

Nenhum comentário:

Postar um comentário