Noite Astronômica na escola estadual Cônego José Bulhões em Dois Riachos, Alagoas, 25/04/2015.

Fila para o planetário, uma constante durante toda a noite. 

Equipe do OAGLL-CECITE, Usina Ciência e dos Clubes de
 Astronomia Valentina Tereshkova e Galileu Galilei.  
   No dia 25 de abril de 2015, um sábado com uma noite perfeita, sem uma nuvem sequer no céu, fomos até a escola estadual cônego José Bulhões, na cidade de Dois Riachos, no semiárido alagoano, para realizarmos atividades com alunos, professores e interessados. Foi uma noite especial com mais de uma centena de jovens e não tão jovens assim, descobrindo as belezas do firmamento através de exposições, planetário e telescópio.

Aluna da escola observando com o telescópio Júpiter
e seus satélites.
   O convite para irmos a Dois Riachos nos foi feito pelo professor de Física André Souza. O professor está criando um clube de astronomia na escola e pretendia realizar uma noite com atividades motivadoras. Assim como o seu amigo, professor Jenivaldo Lisboa, da cidade de Cacimbinhas, o professor André também atendeu ao projeto de criação de clubes de astronomia nas escolas estaduais do observatório Astronômico Genival Leite Lima. O novo clube foi denominado Clube de Astronomia Galileu Galilei. O OAGLL está ajudando aos professores a desenvolverem atividades com seus alunos. Uma dessas atividades são as noites astronômicas. Já participamos na escola estadual Muniz Falcão, em Cacimbinhas e agora, na escola estadual cônego José Bulhões em Dois Riachos.

Danilo Ferreira apresentando a maquete do sistema solar. 
    Saímos de Maceió em direção a cidade de Dois Riachos, no dia 25 de abril, sábado, às 14h40. A equipe estava composta por: Adriano Aubert, Rosângela Silvestre, Rôse Meire Dias, Roberta Dias, Danilo Ferreira e Genisson Panta. A cidade de Dois Riachos fica no semiárido alagoano, a cerca de 189 km. É a cidade da famosa jogadora de futebol Marta. A viagem foi tranquila e o céu com poucas nuvens prometia uma noite ótima para a observação. Chegamos à escola por volta das 18h. Os professores André e Jenivaldo já aguardavam, alguns alunos também já estavam por lá, esperando para ver a novidade. Descarregamos os equipamentos e fomos logo montando tudo . 
Genisson apresentando a exposição Paisagens Cósmicas
 aos alunos atentos
 Nuvens altas surgiram quase que diretamente acima da cidade, contudo, não nos preocupava, pois certamente a Lua, Vênus, Júpiter e Saturno seriam visualizados sem problemas. Para nossa sorte, assim que acabamos de preparar o telescópio, as nuvens se dissiparam e o céu ficou totalmente aberto. Dentro da escola foram montados o planetário, as maquetes do sistema solar, estrelas, Via Láctea e a exposição Paisagens Cósmicas.
A noite de céu aberto permitiu a observação contínua
 com o telescópio.
A diretora da escola observa a Lua com o telescópio.
 Os alunos começavam a chegar quando o professor Adriano teve de ir a Santana do Ipanema, município vizinho, para apanhar as chaves da casa onde iríamos pernoitar. O número de visitantes cresceu rapidamente, com alunos vindo de outras escolas de Dois Riachos e até de Major Isidoro, outra cidade vizinha. As filas para as atividade cresceram rapidamente. O planetário, como  sempre, atraiu atenção e a curiosidade dos alunos que queriam descobrir o que havia dentro do balão azul – o domo do planetário. A equipe foi dividida para atender simultaneamente ao público. Genisson Panta, ex-aluno da rede estadual e do observatório, apresentava a exposição de pôsteres, enquanto Rôse Meire e Roberta, ficavam no planetário, Danilo Ferreira, monitor da usina Ciência da UFAL  explicava as maquetes, o professor Adriano operava o telescópio e Rosângela fotografava registrando as atividades. Os alunos Wellington Oliveira e Marcela Silva do clube de astronomia Valetina Tereshkova, de Cacimbinhas, junto com os professores André e Jenivaldo, ajudavam orientando e colhendo assinaturas dos visitantes. A noite foi perfeita, sem uma nuvenzinha sequer para atrapalhar, e o céu apresentava um contraste excelente. As constelações estavam visíveis até mesmo do pátio iluminado da escola. A Lua, e os planetas Vênus, Júpiter e Saturno surpreendiam aos que observavam “aquelas estrelas” - é o que aparentam quando observados a olho nu, e viam suas formas, cinturões de nuvens, seus satélites e anel. As exposições também atrairam a atenção dos visitantes que se surpreendiam com o tamanho da Terra comparado aos dos outros planetas e ao do Sol, ou descobriam, através das imagens da exposição paisagens cósmicas, que há buracos negros dentro de 
Turma de visitantes aguarda o início da sessão do planetário.
galáxias. As sessões do planetário estiveram sempre lotadas e a fila era sempre recomposta em pouco tempo, após a entrada de uma turma. Continuamos assim, atendendo aos visitantes até por volta das 22h30, quando a maior parte já haviam deixado a escola. Quando iniciávamos a desmontagem fomos convidados para um lanche com a diretora, professores e coordenadores. Após o lanche, desmontamos os equipamentos e os arrumamos na Kombi da secretaria de educação, para nossa ida a Santana do Ipanema. Às 23h40 nos despedimos dos novos amigos e partimos em direção a Santana. Pernoitamos em Santana do Ipanema, retornando a Maceió no domingo, 26 de abril às 10h. Chegamos em Maceió às 13h15.

 Menina investiga a maquete  do "Sol". 
    A noite astronômica na escola estadual cônego José Bulhões em Dois Riachos nos deixou aquela ótima sensação de cumprir plenamente ao que nos propusemos, que é  levar a ciência, a astronomia para dentro da escola e contribuir um pouco para a educação científica de tantos. Esperamos poder participar de muitas outras noites astronômicas e levar um pouco de mais das coisas do céu aos alunos e a todos que tenham interesse pelo tema.



     O Observatório Astronômico Genival Leite Lima é um componente do Centro de Ciências e Tecnologia da Educação que está vinculado à Superintendência de politicas educacionais da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte.

Local: Escola Estadual Cônego José Bulhões, Dois Riachos, Alagoas.

Data e horário de início: 25/04/2015, às 18h30.
Data e horário de Término: 25/04/2015, às 22h30.
Total de participantes: 181 (assinaturas colhidas)

Apoio: 
Usina Ciências
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas