O Curso de reconhecimento do céu realizado no OAGLL de 27/03 a 17/04/2013.

No último dia do curso, observação com o telescópio no pátio do OAGLL.
   O Curso de Reconhecimento do Céu - CRC foi realizado no Observatório Astronômico Genival Leite Lima, no período de 27 de março a 17 de abril de 2013. Foram nossos objetivos no CRC: 

  • Habilitar os cursistas para o reconhecimento das constelações e corpos celestes;
  • Possibiltar aos cursistas a compreender movimentos destes corpos do ponto de vista geocêntrico;
  • Capacitar aos cursistas na leitura mapas celeste e planisfério e na localização dos astros a partir de tabelas e dados astrométricos.

   Utilizamos  aulas teóricas e práticas com recursos multimídias. Realizamos também, atividades práticas para reconhecimento de constelações, planetas, estrelas, etc.

    O curso foi aberto a todos e as inscrições foram gratuitas. Foram oferecidas 20 (vinte) vagas. As aulas ocorreram, na sala de aula do CECITE e no pátio do observatório. Os horários foram as quartas-feiras das 18h30 à 20h. Um total de quatro encontros. 

   No programa do curso abordamos os seguintes tópicos: Corpos celestes; esfera celeste; constelações e sistemas de referências. 

medindo a paralaxe de um objeto para entender como o desvio provocado pela mudança
de posição está relacionado a distância  do objeto observado
  No primeiro dia trabalhamos o quê e quais são os corpos celestes. realizamos uma atividade prática para mostrar como se pode determinar a distância de um objeto através da paralaxe. Calculamos também o comprimento angular do polegar, do punho e do palmo.

Quantos graus correspondem a espessura do dedo mínimo? Aprendendo a
medir a distância angular com as mãos. 
   No segundo encontro, trabalhamos os elementos presentes na observação celeste como: horizonte, pontos cardeais, zênite, Nadir, meridiano local, linha meridiana, equador celeste, eclíptica, movimentos diurno dos astros e movimento aparente dos planetas. Utilizamos o programa Stellarium para compreender como percebemos o movimento diurno estes movimentos. Orientamos os alunos para a construção de um gnomon e sua utilização para determinação da linha meridiana e dos pontos cardeais. 

Utilizando o gnomon para determinar os pontos cardeais. 
    No terceiro dia, trabalhamos o conceito e o reconhecimento das constelações. Kizzy Resende colaboradora do OAGLL e membro do CEAAL, apresentou os tipos de constelações, suas localizações nas esfera celeste e principais características. A atividade prática da aula foi a construção do planisfério celeste do OAGLL. O planisfério é uma mapa celeste rudimentar ajustável. Ele serve para nos mostrar quais as constelações estão presentes no céu em uma dada data e hora. Depois fomos até o pátio do observatório para observar e reconhecer algumas constelações. 

Kizzy discutindo as constelações com a turma.
Montando o planisfério com cartolina, cola e tesoura.
    No quarto encontro, estudamos os referenciais adotados mais comumente em Astronomia, os sistema de coordenadas horizontais ou altazimutais e o sistema de coordenadas equatorial geral. Após a exposição teórica realizamos uma atividade para localização de estrelas em mapas celestes a partir de suas coordenadas. realizamos também, uma atividade para determinação de um astro a partir de suas coordenadas altazimutais.

Aprendendo a localizar os astros a partir de suas
coordenadas equatoriais.
   Encerramos o curso com a observação celeste, através de telescópios, no pátio do observatório. 

Turma de concluintes do CRC 2013 com o
professor Adriano Aubert (último à direita).


     

   

Um comentário:

  1. Muito Bom esse Projeto.

    Quando Ira abrir vagas, para os próximos cursos no OAGLL

    ResponderExcluir